Publicado em Deixe um comentário

Estufas cura matura envelhece queijos / estufas para queijos artesanais

Você produtor de queijos artesanais e queira trabalhar com queijos maturados temos ferramentas certas para você. Estas ferramentas são estufas apropriadas para maturação de queijos tanto queijos meia cura como queijo frescos. Ferramentas para maturar de um ate vinte quatro queijos, ferramentas que facilitam o trabalho ao lidar com secagem de queijos, são estufas apropriadas para armazenar queijos enformados aqueles que soltam muito soro muita água.

Nesta as prateleiras tem um leve caimento que capita toda água que sai do queijo e a conduz por frisos feitos em torno dela levando a uma saída onde e jogado em um condutor que recebe os líquidos de todas as prateleiras e o conduz a um recipiente um balde ou outro recipiente qualquer no fundo da estufa.

Este tipo de estufa toda telada facilita muito o lidar com os queijos poupando tempo e evitando sujeira em seu espaço de trabalho.

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-grande-para-queijos/

Esta são as estufas para maturação de queijos

Estufa para um Queijo.

Esta estufa e para uso caseiro apropriada para um casa que uma ou duas pessoas gostam de queijo e não tem o costume de comer queijo todos os dias ou ao contrario gostam de comer queijos todos os dias mais querem trabalhar em um queijo especial mais envelhecido.

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-cura-matura-envelhece-queijos-para-um-queijo/

Estufa para dois queijos

Esta estufa tem a mesma serventia que a decima só que com dois queijos. Esta também e um modelo de estufa caseira para uso familiar nela se consegue maturar dois queijos meia cura.

Estufa para três queijos.

Esta também e da linha de estufas caseiras. Com capacidade de maturar três queijos meia cura com ela você pode manter sempre um queijo envelhecido despontável para saborear e deixar um deles envelhecer por meses e meses o transformando em um saboroso queijo parmesão.

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-cura-matura-queijos-estufa-para-tres-queijos/

Estufa para seis queijos

Esta estufa e uma estufa que pode ser usada da mesma forma que a decima curtir três dos seis queijos para consumo mais rápido e deixar os outro maturar por um longo tempo de oito a um ano o transformando em um queijo verdadeiramente maturado envelhecido.

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-cura-matura-envelhece-queijos-estufa-para-seis-queijos/

Estufa para nove queijos.

Esta estufa já considero uma estufa para trabalho, para quem esta começando a trabalhar com queijos e pretende trabalhar com queijos maturados, envelhecidos. Com três prateleiras cabendo três queijos de17 centímetros de diâmetro com uma boa folga entre eles.

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-cura-matura-queijos-para-nove-queijos/

Estufa para maturar doze queijos.

Esta estufa e uma estufa de trabalho ela tem quatro prateleiras frisadas e nelas cabem com folga três queijos em cada uma juntando bem eles cabem ate mais falando dos queijos de quatorze e dezessete centímetros de diâmetros. Esta e uma estufa apropriada para queijos meia cura e não os enformados que expelem muito soro, muita água.

Estas são as estufas que criando fazendo arte tem para oferecer a todos que trabalham com queijos ou gosta de maturar seus próprios queijos. Somos a melhor opção para pequenos e médios produtores de queijo artesanais, nossas estufas são do tamanho certo para serem movidas de um lado pro outro a procura de um local com boa ventilação, pois para uma boa maturação de queijos e preciso que eles fiquem em lugares bem ventilados.

Estufa cura matura envelhece queijos ,estufa para maturação de queijos,

estufa para queijo,estufa para curar queijo,estufa para maturar queijo,

estufas pequenas,estufas á venda,estufas baratas,estufas comprar,

tipos de estufas,estufas de mesa,estufas em minas gerais,

estufas grandes,o preço da estufas,estufas para venda,

estufas quadradas,estufas simples,estufas sob medida,

maturar queijos,maturar queijo fresco,maturar queijo artesanal,

maturar queijo meia cura,maturação de queijo,maturar queijo minas,

maturar um queijo,estufa para maturar queijo,estufa para maturação de queijos,queijeira de madeira,queijeira armario,queijeira com escorredor de soro,caixa para curar queijos,

caixa para queijo minas,caixa para armazenar queijo,caixa para curar queijo artesanal,

caixa de queijos,caixa para cura de queijo,caixa para maturação de queijo,

caixa para queijo fresco,caixa para maturar queijo,caixa para secar queijo,

Publicado em Deixe um comentário

Processo de maturação de queijos

confesso que não entendo nada sobre fabricação de queijos mais entendo a respeito de estufas para maturar queijos, pois fabrico alguns modelos de estufas apropriadas para ajudar na maturação de queijos que são feitas em madeira pinus. Estas estufas são produtos rústicos, produtos para maturar queijos artesanais ideais para pequenos produtores de queijos ou comerciantes que trabalhem com queijos e estejam pensando em trabalhar com queijos envelhecidos.

O processo de maturação de queijos requer uma ferramenta como essas estufas que produzo, pois nelas o queijo esta totalmente protegidos quanto a qualquer tipo insetos e por ser toda telada em sua volta o ar circulo em torno de todos os queijos favorecendo uma boa secagem dos mesmos.

Por fabricar estufas para maturação de queijos passei a me interessar por queijos, saber como produzi-los qual a maneira certa de produzir um bom queijo, como maturá-lo, qual o processo correto de maturação de queijos em fim comecei a pesquisar na enternete sites e blogs que falem sobre queijos.

Minha intenção alem de aprender e também de passar informações a respeito para todos que chegarem ate meu site minha loja de estufas e todo tipo de produto ligado a queijos.

Minhas primeiras pesquisas foram direcionadas a Embrapa na parte de queijos como fazê-los e como curti-los , maturá-los.

Trouce para o blog da loja algumas boas informações sobre este tema, pois a Embrapa e uma verdadeira escola em pesquisas e desenvolvimento de qualquer tipo de produto, pois são anos de estudos e pesquisas para chegar a um bom produto e por conta disso postei alguns trabalhos desenvolvidos pela Embrapa sobre queijos como produzi-los e maturá-los.

A finalidade deste Blog e passar todo tipo de informação que encontrar sobre queijos, como fazê-los quais as melhores maneiras de se produzir um bom queijo e também como maturá-los, qual e a melhor maneira o jeito mais correto de produzir um bom queijo maturado, qual a ferramenta que e preciso para trabalhar os queijos em maturação que no caso são as estufas.

Para grandes produções de queijos se constrói grandes estufas com sistema de ventilação artificial que mantêm sempre uma temperatura ideal para determinado queijo, mais para pequenos produtores temos estufas ideais para pequenas quantidade de queijos, tanto estufa par secagem de queijos como para maturar queijos.

Vejam este modelo de estufa para doze queijos

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-cura-matura-envelhece-queijos-estufa-para-doze-queijos/

Este outro para nove queijos

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-cura-matura-queijos-para-nove-queijos/

E mais esse modelo para três queijos

https://criandofazendoarte.com/produto/estufa-cura-matura-queijos-estufa-para-tres-queijos/

E já estamos trabalhando em uma nova estufa que sua base com pés tem capacidade para doze queijos o diferencial desta estufa além dos pés e que nela pode se acrescentar módulos a aumentando de acordo com sua necessidade, tanto pra sima como pôs lados.

Voltando aos queijos saiba um pouco mais sobre eles visitando

Publicado em Deixe um comentário

Queijo artesanal caprino maturado

Queijo artesanal caprino maturado e defumado adicionado de cultura lática probiótica

Luiz Eduardo Laguna, médico-veterinário e zootecnista, mestre em Tecnologia de Alimentos, pesquisador da Embrapa Caprinos e Ovinos, Sobral, CE Karina Maria Olbrich dos Santos, engenheira de alimentos, doutora em Ciência da Nutrição, pesquisadora da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Rio de Janeiro, RJ Samuel Carneiro de Barcelos, tecnólogo de alimentos, mestre em Tecnologia de Alimentos, bolsista da Embrapa Caprinos e Ovinos, Sobral, CE Hévila Oliveira Salles, médica-veterinária, doutora em Bioquímica, pesquisadora da Embrapa Caprinos e Ovinos, Sobral, CE Antônio Silvio do Egito, médico-veterinário e farmacêutico, doutor em Bioquímica, pesquisador da Embrapa Caprinos e Ovinos, Núcleo Nordeste, Campina Grande, PB

Introdução Diferentes alimentos têm sido desenvolvidos a partir de leite de cabra em consonância com a atual tendência de alimentação saudável (Olalla et al., 2009), entre os quais se destacam produtos adicionados de bactérias probióticas. Os probióticos são definidos como “micro-organismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios para a saúde do hospedeiro” (Hill et al., 2014). A condição para garantir ao consumidor que um produto seja probiótico, é a quantidade de micro-organismos presentes no alimento. Conforme estabelece a legislação internacional para alimentos probióticos (Champagne et al., 2011; Tripathi; Giri, 2014), os alimentos declarados como probióticos devem apresentar uma quantidade mínima de células viáveis da cepa declarada como probiótica, entre 106 a 108 Unidades Formadoras de Colônias (UFC).g-1 ou 108 a 1010 UFC por porção de consumo diário recomendado, durante todo o período de estocagem do produto.

Por isso, é imprescindível o desenvolvimento de processos tecnológicos adequados, que ofereçam boas condições de desenvolvimento, multiplicação e manutenção da viabilidade do probiótico durante toda a vida de prateleira do produto, como também, que preservem os atributos do alimento até o consumo. O queijo artesanal caprino, maturado e defumado poderá ser um alimento adequado para veicular probióticos, pois queijos possuem certas vantagens, como transportador de probióticos em comparação com produtos lácteos 3 fermentados mais ácidos, como o iogurte.

Ele oferece condições que, minimizam os efeitos do ambiente ácido no trato gastrointestinal, criando, assim, um ambiente mais favorável para a sobrevivência dos probióticos (Karimi et al., 2012). O objetivo do trabalho foi obter um queijo artesanal caprino em escala laboratorial, adicionado de cultura probiótica de Lactobacillus rhamnosus, por meio de um processo tecnológico capaz de manter a sua viabilidade durante o processo de fabricação, defumação a frio, maturação e armazenamento do produto adequado. Recomendações Para a obtenção de um produto

Continue lendo

https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/210103/1/CNPC-2019-Cot197.pdf

Publicado em Deixe um comentário

Falando de queijos / repassando Informação Emprapa.

Determinação do período mínimo de maturação para garantir a segurança microbiológica e a qualidade do Queijo Minas Artesanal do Serro

  1. Os queijos artesanais produzidos a partir de leite cru são produtos únicos em relação ao sabor, aroma e textura devido à microbiota endógena presente em cada um deles. Porém, para garantir a segurança microbiológica destes queijos é fundamental a utilização de leite de boa qualidade, além de processar os mesmo de acordo com as Boas Práticas de Fabricação.

  2. A manutenção de um padrão de qualidade constante em queijos é complexa devido às condições de processamento e às variações tanto na composição quanto na qualidade do leite. No Brasil, dentre os queijos artesanais, os que mais se destacam são de Minas Gerais, que tem tradição e experiência na arte de processar queijos. Em 2008, o “Modo Artesanal de Fazer Queijo de Minas” da região do Serro foi reconhecido pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) como um Patrimônio Cultural do Brasil e foi registrado no Livro dos Saberes, devido à importância histórica.
  3. E em 2011, o Queijo Minas Artesanal (QMA) do Serro obteve a Indicação Geográfica (IG) do INPI (Instituto Nacional de Proteção Intelectual). Devido ao fato do QMA do Serro ser produzido com leite cru e utilizar o “pingo” que é um soro fermento, ele tem uma microbiota característica que confere atributos sensoriais únicos ao produto; porém, sempre é possível a presença de microrganismos indesejáveis/patogênicos.

  4. O objetivo desta pesquisa é recomendar um período mínimo de maturação do QMA do Serro produzido e maturado nas condições preconizadas pela legislação vigente para assegurar a segurança microbiológica e qualidade. Esta pesquisa está sendo conduzida em seis propriedades produtoras de QMA do município do Serro, avaliando também como as condições climáticas das diferentes épocas do ano influenciam a maturação dos queijos.

  5. Esta pesquisa está sendo liderada pela Embrapa Agroindústria de Alimentos com auxilio dos seguintes parceiros: Embrapa Gado de Leite, Embrapa Gado de Corte, IMA, LANAGRO, UFVJM (Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri) e UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro).


@page { margin: 2cm } p { margin-bottom: 0.25cm; line-height: 115% } a:link { so-language: zxx }
Procurando por estufas para maturação de queijos você encontra aqui em Criando Fazendo Arte / Produtos Criativos /. Estufas para maturação de queijos só oferecemos produtos relacionados a queijos e somos únicos com vários modelos e tamanhos de estufas em madeira. Temos estufas para uso caseiro com espaço para um queijo, como temos para dois queijos e uma um pouco maior para três queijos estas são estufas para quem gosta de queijos maturados, envelhecidos e preferem curtir seus próprios queijos. Para quem trabalha com queijos temos vários modelos de estufas que vai de seis queijos a vinte e cinco queijos . Estufa cura matura envelhece queijos um produto Criando Fazendo Arte / Estufa para maturação de queijos veja aqui em

https://criandofazendoarte.com
Publicado em Deixe um comentário

Pudim de queijo três maneira de fazer

Pudim de queijo

Ingrediente = 450 grs. De açúcar; três colheres das de sopa de manteiga; uma xícara bem cheia de queijo de Minas ralado uma de farinha de trigo; seis ovos.

Modo de preparo = Faça com o açúcar uma calda em ponto de juntar e, enquanto estiver quente, misture a manteiga. Deixe esfriar e só então junte as gemas, o queijo ralado e a farinha de trigo. Misture tudo muito bem e junte em seguida as claras em neve. Torne a misturar tudo e despeje numa forma bem untada de manteiga levando-a ao forno. Desenforme depois de frio.

Pudim de queijo

Ingrediente = Cinco ovos; dez colheres de queijo ralado; três xícaras das de chá de açúcar; duas colheres de farinha de trigo; um copo de leite.

Modo de preparar = Bata os ovos muito bem, separadamente as gemas das claras. Misture o queijo com os ovos, o açúcar, farinha de trigo, o leite. Cozinhe em banho maria, de pois de ter untado a forma com calda levemente queimada.

Pudim de queijo

Ingrediente = 450grs. De açúcar; doze ovos; um prato de queijo ralado; uma colherinha de manteiga.

Modo de preparo = Bata primeiro as claras em neve. Depois junte o açúcar e as gemas e bata com para pão de lo adicionando depois o queijo e por último a manteiga. Leve ao forno quente em forma untada de manteiga.

Publicado em Deixe um comentário

Queijo Minas Frescal / Repassando Informação

Autor(es): Fernando Teixeira Silva
Queijo Minas Frescal

O queijo é definido como um concentrado proteico-gorduroso, e a sua obtenção é feita mediante a coagulação do leite e posterior retirada do soro. São inúmeras as variedades de queijo disponíveis no Brasil, entretanto, entre os mais consumidos estão o Minas Frescal, o Mussarela, o Prato e o Parmesão.

O processo de fabricação de queijos não dispensa a habilidade do manipulador para que bons produtos sejam obtidos. Dentre os queijos citados, o Minas Frescal é o que apresenta processo de produção mais simples.

O leite, após pasteurizado, recebe a adição de cloreto de cálcio, que repõe o cálcio que ficou indisponível durante o tratamento térmico. Este procedimento é necessário para que ocorra a coagulação da caseína (proteína do queijo). Em algumas empresas, existe o hábito de não pasteurizar o leite, ação não recomendada devido às exigências sanitárias.

Na etapa seguinte, é adicionado o fermento, que são as bactérias que promovem entre outros aspectos a formação de sabor nos queijos. Como ultima etapa, é adicionado o coalho (enzima que promove a coagulação do leite). A fonte tradicional desta enzima é abomazo, nome dado ao quarto estômago de bovinos. Entretanto, com o crescimento da produção mundial de queijos, outras fontes foram desenvolvidas, como o coalho obtido de micro-organismos.

Após adicionar o coalho, o leite fica em repouso pelo período médio de 40 minutos até a massa atingir o ponto de corte. Nesta fase, através de instrumentos denominados liras, é feito o corte em cubos ou grãos para promover a dessoragem da massa. Para auxiliar esta etapa, é feita a agitação.

Ao atingir o ponto final de dessoragem, a massa é colocada em formas onde a dessoragem é complementada. A salga é realizada sobre o queijo enformado ou pela mistura do sal na massa antes de enformar. Ao final do processo, os queijos são embalados em embalagens plásticas e armazenados sob refrigeração.

A seguir são apresentadas as principais diferenças dos queijos Prato, Mussarela, Provolone e Parmesão em relação ao processamento do queijo Minas Frescal.

Queijo Prato. Saiba tudo sobre queijos e os melhores para falar e ensinar tudo relacionado a fabricação de queijos são os técnicos da Embrapa saiba mais através no link a baixo.

https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/tecnologia_de_alimentos/arvore/CONT000girl7f3902wx5ok05vadr1r72tozg.html

Publicado em Deixe um comentário

Como fazer queijo Mussarela

Definição do produto O queijo mussarela encontra-se entre os queijos mais consumidos no Brasil, por conta do grande consumo de pizza. O formato tradicional desse queijo é o paralelepípedo, entretanto, outras formas também podem ser encontradas, como bolinha, palito e nozinho, utilizados no consumo de mesa. É um queijo de massa filada, macio e relativamente úmido. O queijo acabado apresenta, em média, a seguinte composição: 43% a 46% de umidade; 22% a 24% de gordura; teor de sal variando entre 1,6% a 1,8%; e pH entre 5,1 e 5,3.

Esta pagina tem por finalidade repassar conhecimento quando se fala em queijos e um assunto que muito interessa a ( Criando Fazendo Arte ) ,pois este domínio sustenta o site, a loja ( Estuga para maturação de queijos ) onde você encontra uma variedade de estufas próprias para a maturação de queijos. Temos estufas de vários tamanhos tanto para uso caseiro como para produção de queijos maturados para vendas. https://criandofazendoarte.com e o caminho que conduz na direção destas estufas de que falo. Trabalhando na produção de estufas tudo relacionado a queijos nos envolve e por conta disso esta pagina foi criada no blog da loja. Nela você ira aprender no passo a passo como fazer queijo mussarela.

Aprenda de maneira certa como fazer queijo mussarela a Embrapa por intermédio de seus engenheiros de produção muito tem a nos ensinar, ensinar a você que esta pensando em começar a produzir queijos para serem comercializados.

Quer aprender o caminho esta logo a baixo basta crica no link.

https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/11885/2/00076210.pdf

Vai precisar de uma estufa para maturar teus queijos você encontra acessando o link a baixo

https://criandofazendoarte.com

/ Estufas para maturar queijos ou em

criandofazendoarte.com.br

/ Produtos Criativos.

Publicado em Deixe um comentário

Passo a Passo como fazer queijo coalho

Esta pagina tem por finalidade repassar conhecimento quando se fala em queijos e um assunto que muito interessa a ( Criando Fazendo Arte ) ,pois este domínio sustenta o site, a loja ( Estuga para maturação de queijos ) onde você encontra uma variedade de estufas próprias para a maturação de queijos. Temos estufas de vários tamanhos tanto para uso caseiro como para produção de queijos maturados para vendas. https://criandofazendoarte.com e o caminho que conduz na direção destas estufas de que falo. Trabalhando na produção de estufas tudo relacionado a queijos nos envolve e por conta disso esta pagina foi criada no blog da loja. Nela você ira aprender no passo a passo como fazer queijo coalho.

Não fazemos queijos só oferecemos a ferramenta pra quem lida com eles sendo os produzindo ou o comercializando. Mais tudo relacionado a queijos estaremos divulgando em nosso Blog.

Como fazer queijo coalho

Este passo a passo foi desenvolvido por quem sabe tudo sobre queijos nossa Embrapa e seus doutores no assunto.

Tecnologia Social Produção de queijo de coalho artesanal

Tenha acesso ao passo a passo através do link abaixo

https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/166969/1/FFC17002.pdf

Publicado em Deixe um comentário

Como fazer queijo Parmesão Caseiro.

Eduardo Avelar

Hoje em Dia – Belo Horizonte / Eduardo Avelar escreveu / entenda e aprenda o passo a passo para maturar um queijo em casa.

Fernando Teixeira Silva
Engenheiro agrônomo, M. Sc. e pesquisador
da Embrapa Agroindústria de Alimentos. Saiba tudo em https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/11886/2/00076220.pdf

O queijo parmesão é um queijo de massa cozida, sem olhadura (buracos no queijo), de textura dura, sabor forte, baixo teor de umidade e textura granular resultante da grande retirada do soro. Apresenta crosta espessa e normalmente é vendido na forma cilíndrica, variando seu peso entre 5 e 8 kg. O queijo acabado apresenta, em média, a seguinte composição: 32% a 37% de umidade; 22% a 24% de gordura; teor de sal variando entre 2,0% e 3,5%; pH entre 5,3 e 5,5.

Por sua participação na cadeia produtiva e pelas ligações que mantém com os demais setores da economia, a agroindústria é um segmento de elevada importância econômica para o País. Engajada nessa meta, a Embrapa Informação Tecnológica lança a Coleção Agroindústria Familiar, em forma de manual, cuja finalidade é proporcionar, ao micro e ao pequeno produtor ou empresário rural, conhecimentos sobre o processamento industrial de algumas matérias primas, como leite, frutas, hortaliças, cereais e leguminosas, visando à redução de custos, ao aumento da produtividade e à garantia de qualidade quanto aos aspectos higiênicos e sanitários assegurados pelas boas práticas de fabricação

Para se obter um queijo tipo parmesão e preciso que ele perca toda sua água que seque totalmente e para que isso aconteça e preciso ter a ferramenta certa para ajudar na maturação do queijo. Criando Fazendo arte tem essa ferramenta para lhe ajudar em seu trabalho. Você encontra vários modelos e tamanhos de estufas em / Produtos criativos – https://criandofazendoarte.com.br como encontra também em estufasparamaturaçaodequeijos.cieandofazendoarte.com ou em https://www.elo7.com.br/criandofazendoarte neste os preços estão sempre acima dos outros mais o produto e o mesmo tem a mesma qualidade visitem a pagina em / Produtos Criativos / em

https://www.criandofazendoarte.com.br/categoria/estufas/

Publicado em Deixe um comentário

Passo a Passo de como fazer queijos minas frescal

O processo de fabricação de queijos se consiste em varias etapas como pasteurização, preparação do leite, para coagular, tratamento da massa, agitação, enformagem, salga, embalagem, armazenamento, todo esse processo e necessário para se fabricar um queijo.

Como fazer queijos minas frescal por = ( Fernando Teixeira Silva Engenheiro agrônomo, M. Sc. em Engenharia de Alimentos e pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos. ftsilva@ctaa.embrapa.br )

O queijo minas frescal encontra-se entre os queijos mais consumidos no Brasil. Apresenta massa crua, coloração esbranquiçada, consistência mole e textura fechada. Normalmente é vendido na forma cilíndrica, com o peso variando em torno de 0,5 a 3 kg. O queijo acabado apresenta, em média, a seguinte composição: 55% a 58% de umidade; 17% a 19% de gordura; teor de sal variando entre 1,4% e 1,6%; e pH entre 5,0 e 5,3

Saiba tudo sobre queijos minas frescal

https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/11884/2/00076200.pdf

O leite é uma secreção da glândula mamária de mamíferos, de
composição nutricional bastante rica, é indispensável à alimentação
infantil humana e a das crias dos animais. Contém componentes
importantes para uma dieta saudável, como proteínas e cálcio.
Apresenta, porém, alta perecibilidade, tanto química, pelos efeitos
da oxidação, quanto biológica, pela atuação de microrganismos,
que podem causar doenças.
Entre os derivados do leite, o queijo é um dos principais produtos,
tendo, ademais, alta demanda de consumo. É um concentrado
proteico-gorduroso, cuja obtenção é feita mediante a coagulação
do leite e posterior retirada do soro.
A fabricação do queijo é uma arte que, independente do grau de
industrialização ou do nível tecnológico, requer do queijeiro
dedicação e cuidados em cada etapa de produção, para a obtenção
de um bom produto.
Este manual visa apresentar, de forma detalhada e didática, os passos
e os controles necessários para cada etapa de produção do queijo
minas frescal, permitindo ao queijeiro maior facilidade na assimilação
das informações